Sindicato conquista ação judicial indenizatória

Por
Atualizado em: 26 de julho de 2016
Mais uma CONQUISTA!

PROCESSO CONTRA A COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO

A comerciária foi admitida como aprendiz, sendo dispensada no término do contrato, porém na demissão estava grávida, a empresa mesmo ciente manteve a dispensa. Ao ser procurado o Sindicato ingressou com ação para reintegrar a trabalhadora, em primeira instancia o processo foi julgado improcedente. O sindicato não concordando recorreu ao Tribunal Regional da Segunda Região (TRT), o processo foi julgado improcedente. O Sindicato desta recorreu ao Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília, que deu razão a tese do Sindicato que a demissão foi discriminatória.
“O sindicato dos comerciários do ABC está constantemente atuando pela dignidade de sua categoria” disse Ademar presidente. Sua diretoria afirma: “Em hipótese alguma deixaremos a dignidade de nossos trabalhadores serem afetadas”. Sheilla Rodrigues disse “Na hora que mais precisei, no momento muito delicado que estive gestante, fui amparado pelo sindicato, obrigado presidente e diretoria”.
DSC_0556

Diretor Daniel Dias, Cesar Marreta, Sheilla e familia (trabalhadora), presidente Ademar, Costa e Leandro diretores.